Velis CRM para a SUA distribuidora

Como abrir uma distribuidora pequena?

O que é um Distribuidora?

As empresas de distribuição garantem ao mercado capilaridade fazendo a intermediação entre o fabricante / produtor e o lojista, que vende o produto ao consumidor final.
O Distribuidor, neste caso, não precisa ter um infra estrutura de produção, preocupação com matéria prima e pode variar o seu portfólio de produtos com vários fornecedores para distribuir, aproveitando assim a mesma infra estrutura Centro de Distribuição, estoque, a logística e o time de vendas.

E como abrir uma distribuidora de produtos pequena?

  • 1. Local de armazenagem
    • O CD ou Centro de Distribuição é o local que os produtos ficarão armazenados até serem entregues ao cliente. Para iniciar uma distribuidora com um investimento baixo, o ideal é que este local não seja muito grande e que não gere muitos custos.
      O estoque é um ativo da empresa e, também, dinheiro parado. E isso precisa estar sempre claro para evitar prejuízos e ser dada a devida atenção para a correta gestão deste ativo, sendo assim, em uma distribuidora é essencial acompanhar os números para a gestão de estoque:

Acompanhando as informações acima você evita o excesso de produtos, e consequentemente, reduz o número de furtos, avarias, vencimentos, produtos obsoletos ou parados, entre outros. Reduzindo consideravelmente os custos da empresa. 

 

  • 2. Investimento e planejamento financeiro

Vamos listar os primeiros possíveis investimentos importantes para serem considerados como:

Água, luz, aluguel, funcionários (salários, benefícios, comissão e impostos), contabilidade, telefone, internet, softwares de gestão, impostos, investimento em marketing e divulgação, veículos (se for realizar a entrega própria),  gasolina.


Além disso, precisará fazer os primeiros investimentos dos produtos que irá vender. Neste caso, o ideal é conseguir negociar com os fornecedores prazos de pagamentos um pouco maiores do que os prazos que fará as vendas para os clientes da sua empresa.
Isso não será possível em todos os cenários, sendo assim, é essencial planejar o capital de giro, considerando essa situação, também, para sustentar essa operação. 

E o que é Capital de giro?

O capital de giro  pode ser definido como todo o dinheiro que a empresa tem disponível no caixa, levando em consideração todo o débito que entrou e todas as despesas e obrigações a serem pagas.
Realizar o cálculo de capital de giro da sua distribuidora é importante para que, além de cumprir com os deveres imediatos, o negócio consiga crescer e realizar novos investimentos, ter previsões financeiras e consiga lidar com as contas independentemente de inadimplências.
É importante iniciar o negócio com um capital de giro previsto por pelo menos 6 meses.


Margem de Lucro

Fato que muitas empresas ignoram ou não priorizam as métricas que devem ser acompanhadas diariamente no financeiro.
Ao definir o preço de venda de um produto de forma que seja competitivo, a empresa precisa fazer um exercício de ter custos baixos e excelentes negociações com os fornecedores. Além disso, ter previsibilidade é tão importante quanto os indicadores anteriores. Quando você tem a previsibilidade de sazonalidade do produto, quando você conhece o seu estoque e sabe os ciclos de venda, assim como o Sell Out, você tem tempo de negociar com o seu fornecedor, não precisa comprar nada de última hora pagando caro e sem prazo.
Comece garantindo que o seu produto tem margem de lucro e saiba qual é essa margem de cada produto. 

            3. Legislação

    • Toda a tributação precisa ser estudada. Há uma grande complexidade nas vendas de produtos no Brasil. Ter um excelente contador te ajudará a evitar problemas futuros, mas como dica principal, não terceirize esse conhecimento. Saiba o que está sendo feito e se dedique ao seu negócio.

                   Regime Tributário
                   O primeiro passo para o entendimento das necessidades tributárias é conhecer o melhor regime tributário para abrir a sua Distribuidora. Se ela será Simples Nacional, Lucro Real ou                     Lucro Presumido. Esta decisão não pode ser tomada sem um estudo, pois em cada regime tributário haverá benefícios e obrigações. Um bom contador poderá ajudá-lo a tomar a                         melhor decisão. Lembrando que, para iniciar uma empresa, considere que o regime com menor burocracia e impostos é uma boa opção, e com o crescimento da empresa, o re                             enquadramento pode ser feito sem problemas.

  • Tributação dos Produtos 

No Brasil há muitas regras tributárias atreladas não somente ao produto que está sendo vendido, mas também ao estado, cidade e ao transporte deste produto.
Ao escolher o produto que a sua distribuidora comercializará você precisará entender sobre todas as regras, pois sem a previsibilidade deste custo da forma correta, a sua margem de lucro poderá ficar totalmente comprometida. 

  • Dicas Fundamentais
    •  Planeje bem os valores de investimento para não ter surpresas e dívidas logo no início do seu negócio;
    • Tenha pleno conhecimento sobre exigências tributárias e legais, como leis de zoneamento, contábeis e proteção ao consumidor. Nesta área tenha sempre um profissional especializado para te ajudar, mas lembre-se não terceirize essa responsabilidade, conheça o suficiente para cobra-lo de fazer corretamente;
    • Mantenha um bom relacionamento não só com os clientes, mas também com os seus fornecedores. Eles são uma peça fundamental no seu negócio;

E ai gostou? Comente abaixo o que mais você gostaria de saber sobre Como abrir uma distribuidora?